+11 3522 8203 / 94495 6740 (WhatsApp) voceaqui@coworkingconsolacao.com.br

Agende a sua visita

  • Publicado em Blog

Sexta-feira é um ótimo dia para organizar e planejar a próxima semana.

Em seu planejamento avalie as despesas que você possui com aluguel, condomínio, IPTU, internet, limpeza, telefonia, luz, água, manutenção e o tempo gasto para administrar todas estas variáveis.

Com certeza você irá concluir que trabalhar no Coworking Consolação é muito mais vantajoso, não só pelo custo e tempo dedicado ao seu negócio, mas também pela troca de experiências e parcerias que você poderá realizar com os nossos coworkers.

Visite o nosso espaço e escolha o melhor plano para você!

+ 11 3522-8203

+ 11 94495-6740 (Whatsapp)

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Leia mais ...

Sala Privativa

  • Publicado em Blog

Aqui no Coworking Consolação basta você escolher uma sala privativa ou estação de trabalho e começar a trabalhar!

Nosso plano mensal inclui tudo o que você precisa: do atendimento telefônico personalizado à sala de reunião.

 

Confira as condições especiais de 2017:

e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

whatsapp: + 11 94495-6740

Leia mais ...

Novas Salas Privativas

  • Publicado em Blog

No Coworking Consolação a sua única preocupação é focar 100% no seu negócio, o restante organizamos para você!

O nosso plano mensal inclui uma sala privativa totalmente mobiliada, internet wifi e cabeaba, endereço comercial, gerenciamento de correspondência, atendimento telefônico personalizado, serviço de recepção, 10 horas de sala de reunião, limpeza diária, água e café.

Em resumo: completo, diferenciado e prático!

Confira as condições especiais das novas salas privativas:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

+11 3522-8203 

+11 94495-6740 (Whatsapp)

Leia mais ...

3 Segredos para resolver problemas com clientes

  • Publicado em Blog

Por mais que você se esforce, nem sempre a relação com o consumidor dá certo. Nesses momentos, é essencial que a pessoa na posição de atendimento saiba lidar com a situação. Ela precisa mostrar ao cliente que ele vai ter a ajuda que deseja – e, ao mesmo tempo, encontrar uma solução que seja positiva também para a empresa. A colunista da Inc. Vanessa Merit Nornberg dá três dicas para preparar qualquer pessoa da equipe para resolver problemas.

1. Ouça primeiro, fale depois
Os conflitos podem causar medo. É por isso que, assim que os empregados se deparam com um cliente raivoso, ou eles se tornam reativos, interrompendo o consumidor, ou fogem, ficando em silêncio. Mas nenhuma das duas atitudes são boas. É preciso ouvir. Só assim será possível entender o problema e a emoção do cliente. Às vezes, um produto que foi enviado com defeito ao consumidor não é a única questão a ser resolvida. Ele pode estar bravo porque estava contando com o item naquele dia ou porque queria dar o produto de presente e passou vergonha. É necessário prestar atenção não só no que o cliente diz, mas também no que ele não diz.

2. Seja específico
Sempre existem diversas maneiras de resolver um problema. Mas, para ter sucesso, é ideal ser bastante específico em todos os passos. É importante fazer perguntas ao cliente e oferecer opções detalhadas. Explique claramente quais serão os próximos passos. É isso que vai fechar a ferida e possivelmente restaurar a confiança do consumidor na empresa. Vanessa, que é dona de uma empresa fabricante de joias, dá um exemplo: se um cliente não recebeu um produto, o funcionário pergunta qual seria o uso desse item e que problemas isso causou. Se o cliente deixou de revender o item naquele dia, o atendente manda não só o item que faltou, mas também outro, gratuito, para repor o faturamento que o cliente perdeu. Ao oferecer essa opção, a funcionária mostra que entende a situação e que está se esforçando de verdade para reparar o erro.

3. Ofereça confiança e compaixão
O cliente irado não quer que o interlocutor vire uma poça de insegurança. Ele quer alguém que entenda a sua raiva, perdoe suas palavras duras e assegure que a empresa o ajudará. Isso só vai acontecer se o funcionário responder com autoconfiança e convicção das suas propostas. Não basta tentar liquidar o problema. É necessário mostrar que a empresa sabe quais são as suas responsabilidades e quer aprender a lição. No exemplo proposto por Vanessa, em vez de a funcionária dizer “Sinto muito pelo inconveniente. Vou mandar os produtos faltantes hoje”, ela precisa falar: “Isso é muito ruim. Peço desculpas pelo nosso erro. Vou te fazer algumas perguntas e decidiremos a melhor maneira de você conseguir o precisa o mais rapidamente possível”. Dessa forma, o cliente se acalma porque sabe que pode contar com a pessoa que está do outro lado.

Fonte: Revista Pequenas Empresas e Grandes Negócios

Leia mais ...

Escritório no Baixo Augusta

  • Publicado em Blog

A região central de São Paulo, destacada pela mobilidade urbana, heterogeneidade dos frequentadores, vem atraindo cada vez mais simpatizantes.

Diversos projetos são responsáveis pela revitalização do centro, do Baixo Augusta e entorno, região hoje valorizada também por novos empreendimentos imobiliários.

O que já foi ponto de casas noturnas e bares, atualmente, a região do Baixo Augusta e praça Roosevelt não se limita mais a noite paulistana. Devido à densidade cultural e social representada por cinemas, teatros, lojas, bares, foodtruck, baladas, a região “cool” agora também é contemplada por escritórios compartilhados. Ademais, o paulistano adora interagir com outras pessoas e ambientes diferentes, mesmo no trabalho.

O que faltava para completar a gama de segmentos do Baixo Augusta, não falta mais. Agora, para quem procura um escritório nesta região, o Coworking Consolação é a melhor opção. E porque não sair com os colegas de trabalho e subir a pé a rua Augusta procurando um lugar divertido para ficar?!

Leia mais ...

8 dicas para quem pretende se arriscar em um empreendimento

  • Publicado em Blog

Não são raros os casos de alguém que sonha em abrir mão de algumas certezas, como um emprego, para se arriscar e apostar em um negócio próprio. Ter medo é comum, mas nem sempre uma coisa ruim. É preciso ter coragem! Confira as oito dicas para quem pretende se arriscar em um empreendimento.

1 – Administre sua vida pessoal

“Para enfrentar desafios, é preciso ter ciência do cenário em que você se encontra. Saber administrar é necessário. Se for preciso, peça ajuda a profissionais. Eles irão o ajudar, aconselhar e auxiliar nas diversas maneiras de enxergar as situações. Com eles, você poderá ir além, fazer, ver e ser mais”, ensina Jessica Miller-Merrell, do site Blogging4Jobs

2 - Pague suas dívidas

“Ser um empreendedor significa não ter mais um salário fixo e semanal. Portanto, se você tem dívidas: quite! Além disso, reduza suas despesas e se certifique de compreender os custos das coisas e a real necessidade que elas têm. Uma situação financeira boa e estável lhe proporcionará capacidade de enfrentar altos e baixos, típicos do começo de uma carreira empreendedora”, aconselha Elizabeth Saunders, da consultoria Real Life E

3 - Não espere que sua vida se torne glamorosa

“Sair do seu emprego e investir em seu próprio negócio não necessariamente será um mar de rosas. Obviamente, você terá privilégios e bônus, mas os negócios são bastante árduos, principalmente no começo. Tenha isso em mente, pois seu esforço deve ser originado do prazer, e não somente porque é sua obrigação”, diz Dave Ursillo, da consultoria Lead Without Followers, LLC.

4 - Saiba que as únicas opções não são tudo ou nada

“Nosso cérebro geralmente nos mostra apenas estas opções: tudo ou nada. Mas nem sempre é assim. Saiba que navegar pelas águas do empreendedorismo é conseguir seguir um dia por vez. Então, identifique seu cliente ideal, saiba bastante sobre o mercado em que estará inserido e estude os melhores meios de inserção, por exemplo. Dê o seu melhor e, mesmo que não se sinta 100% confiante, entregue-se por inteiro”, ensina Kim Eisenberg, da empresa Kim Eisenberg Consulting.

5 - Tenha um plano

“Se você sonha em se aventurar por sua conta e risco, primeiro precisa descobrir se faz sentido, financeiramente e emocionalmente, depositar seu tempo e esforço nesses projetos. Planeje-se! Seu empreendimento sempre demandará tempo e dedicação, afinal de contas, ela precisará ser seu sustento e constante fonte de renda”, aconselha Cha Tekeli, da consultoria Chalamode, Inc.

6 - Esteja pronto

“Muitas pessoas não percebem que há uma grande diferença entre ser um funcionário e ser o dono de seu negócio. Jogos emocionais e mentais são completamente diferentes. Depois de apostar nos seus sonhos, muita coisa depende interiamente de você. Sua confiança precisa estar pronta para encarar riscos, erros e acertos”, diz Amanda Aitken, da consultoria AmandaAitken.com.

7 - Contrate um contador

“Ter uma pessoa para o auxiliar a cuidar das despesas e receitas pode ajudar bastante no orçamento e planejamento da empresa. Encontre, então, alguém que já tenha trabalhado com empreendedores e que o ajude a descobrir os reais valores envolvidos no negócio”, diz Kelly Azevedo, da consultoria Got Systems.

8 - Comprometa-se inteiramente

“Para ser um empresário bem-sucedido, você precisa se comprometer e entregar tudo de si mesmo. Não siga em frente de forma ‘cega’. Pergunte-se sempre qual é o pior cenário que pode acontecer. E se ele ocorrer, como seria a recuperação? Você está emocionalmente, fisicamente, mentalmente e financeiramente preparado? Firme suas estruturas e vá em frente!”, aconselha Rey Castellanos, da consultoria Feed Your Wolf.

Fonte: MSN

 

Leia mais ...

5 atitudes que definem um bom líder

  • Publicado em Blog

Estudo, com grupo de 30 líderes que trabalham em empresas de alta tecnologia que tenha um total de mais de 60 mil funcionários, analisou atitudes que definem uma boa liderança. A idade média deste grupo era de 43 anos, com 22 homens e apenas oito mulheres.

Embora todos do seleto grupo tenham um alto potencial, nem todos são líderes extraordinários. A eficácia de liderança foi avaliada por 15 pessoas com base nas habilidades de liderar, conhecimento e experiência de cada um, além de 25 perguntas sobre atitudes.

De todas as respostas recebidas, cinco foram fortemente correlacionadas com a eficácia global de liderança. Líderes que citaram essas atitudes tiveram os melhores desempenhos.

Atitude 1 – Se eu discordo, eu costumo deixar que os outros saibam

Há anos empresas buscavam funcionários que costumavam manter suas opiniões para si mesmos. Com o tempo, a maioria das organizações e líderes descobriram que as opiniões dos outros podem ser muito valiosas. É preciso ter coragem para discordar dos outros, é preciso ter ainda mais coragem para discordar de seu chefe.

Atitude 2 – Estar disposto a assumir mais riscos do que a maioria dos meus colegas

Existem pessoas que evitam riscos a todo custo, mas se você está disposto a fazer alguma diferença é preciso assumi-los.

Atitude 3 – Facilidade para fazer amigos

Líderes são pessoas que têm a capacidade de influenciar os outros. É muito difícil influenciar pessoas que não sabem quem você é. Ter a capacidade de fazer amigos e construir relacionamentos deve ser uma habilidade dos líderes.

Atitude 4 – Antes de tomar decisões, eu paro e analiso todos os fatos

Olhar e examinar todos os fatos de uma situação pode evitar diversas tomadas de decisões erradas. É como em um jogo, é preciso estudar todas as possibilidades para decidir qual a melhor jogada.

Atitude 5 – Monto estratégias e foco no futuro

Algumas vezes ficamos tão envolvidos na rotina que não temos tempo para se perguntar: “Por que eu estou fazendo isso?” ou “O que realmente importa?”. Muitas vezes estão todos tão concentrados no que estão fazendo que não olham para o que está acontecendo na concorrência para tentar descobrir, por exemplo, por que o outro produto é melhor ou porque o custo é mais baixo.

 

Fonte: MSN

Leia mais ...
Assinar este feed RSS

Coworking Consolação nas mídias sociais

Faça Parte do Coworking Consolação

+11 3522 8203      +11 94495 6740 Whatsapp

voceaqui@coworkingconsolacao.com.br

Contrate aqui!